celcfloripa@gmail.com |

Florianópolis

Cultos todos os domingos às 9h e também no 1º e 3º sábado de cada mês, às 20h. (48) 3244-8522

Palhoça

Cultos 1º e 3º domingos às 9h e também no 2º e 4º sábado de cada mês, às 19:30h. (48) 3341-5795

notícias

01/10/2019

Fazendo história na história da CELC

Não é exagero dizer que o último final de semana foi histórico para a Igreja Luterana de Florianópolis. Muitas decisões e mudanças na CELC são tomadas no mês de setembro em que lembramos a dedicação do templo em Palhoça (18/09/2010) e a fundação da congregação (19/09/1961), além da chegada do pastor Daltro e família em setembro de 1982.

 

Mas… vamos a 2019 !

 

O final de semana marcante começou por uma importante reunião que aconteceu no sábado em nossa Igreja Luterana de Palhoça, para a qual os membros foram convocados. Essa reunião teve por objetivo formalizar o pedido para que o “Ponto de Missão” em Palhoça passe a ser uma congregação e filiada à IELB (Igreja Evangélica Luterana do Brasil). Tivemos que escolher um nome e o escolhido, por unanimidade foi Congregação Evangélica Luterana “Castelo Forte”. O grupo elegeu a diretoria que assumirá os trabalhos a partir de 1º de janeiro de 2020 até final de 2021. E finalmente, após proveitoso debate, aprovou-se o Estatuto da Congregação que segue o modelo da IELB.

 

Todas essas definições deverão ser homologadas na Assembleia Ordinária da CELC, agendada para o dia 10 de novembro e, posteriormente seguiremos os protocolos para a oficialização da congregação em Palhoça.

 

 

 

 

O domingo foi de festa, serviço, adoração e gratidão pelos 58 anos da Comunidade Concórdia – a Igreja Luterana de Florianópolis ou como muitos a chamam “Família Concórdia”. A programação teve a participação de quase 200 pessoas, em culto e serviço ao Senhor. Os nossos três pastores celebraram o culto, sendo que o pastor Daltro conduziu a mensagem com uma belíssima reflexão a respeito do “relembrar e agradecer”. O pastor Daltro celebra em 2019 seus 50 anos de ministério pastoral, sendo que 37 deles na CELC.

 

 

Faltou espaço para tantos músicos que montaram um “conjuntão” para conduzir o louvor no culto. Muitas crianças participaram da Escola Dominical e tantas outras pessoas se empenhavam nos preparativos finais da programação que se estenderia até a tarde de domingo.

 

 

 

 

Uma pausa obrigatória para o almoço preparado pela parceria dos assim chamados “leigos” (homens) e “servas” (mulheres) da congregação. Foi uma refeição de alegre convivência e gratidão pelas bênçãos dadas por Deus.

 

 

 

 

 

A parte da tarde reservava gratas surpresas. O presidente da Congregação, Mauro, em meio a músicas dinâmicas com os que ali estavam presentes, relatou uma interessante lembrança de fatos registrados em documentos nas décadas passadas da história da CELC, chegando ao final de 2018 com a pergunta: “E agora, como será daqui pra frente?”

 

 

Houve apresentação do grupo Coral, dos Jovens (JUCÓR) e encerrando a tarde artística, um belíssimo recital pelo músico Jair Petry que arrancou emocionantes aplausos da platéia. A sra.Milda Piazza, membro da CELC desde 1974 pediu a palavra e relembrou o importante trabalho da Escola Dominical junto às crianças no passado e que hoje são cristãos adultos. Em meio a poucos recursos na época, muito se fez e muito melhor pode ser feito, porque “Até aqui o Senhor Deus nos ajudou.” (1Samuel 7.12)

 

 

 

 

 

Onde tem aniversário, tem bolo também… e que bolo!! Além do símbolo da CELC, dois versículos em destaque na bíblia do bolo: “Até aqui o Senhor Deus nos ajudou” (1Samuel 7.12) e “De fato, o SENHOR fez grandes coisas por nós, e por isso estamos alegres.” (Salmo 126.3) Finalizamos a tarde cantando parabéns e com muita gratidão a Deus e aos que especialmente estiveram à frente no preparo desse domingo de aniversário tão abençoado.

 

 

 

 

 

 

 

ASSISTA OS VÍDEOS:

 

 

 

 

 

VEJA TODAS FOTOS NO NOSSO FACEBOOK:

https://www.facebook.com/pg/celcfloripa/photos/?tab=album&album_id=2121589814811866&ref=page_internal

 

 

 

De fato, o SENHOR fez grandes coisas por nós, e por isso estamos alegres. (Salmo 126.3)