Florianópolis - Cultos durante a pandemia

Todos os sábados as 20h e domingos às 9h, mediante agendamento prévio (48) 3244-8522

Palhoça- Cultos durante a pandemia

Todos os sábados as 20h e domingos às 9h, mediante agendamento prévio (48) 3341-5795

artigos

06/09/2013

MENSAGEM DIRETORIA NACIONAL da IELB- SEMANA DA PÁTRIA

“Feliz a nação cujo Deus é o Senhor, e o povo que ele escolheu para sua herança.”
 Salmo 33.12
Estamos mais uma vez comemorando a Semana da Pátria. Semana em que meditamos de forma especial sobre o nosso querido Brasil – país tão próspero, rico em todos os sentidos, com muitas riquezas naturais tais como água, minérios, vegetais, terras férteis. País habitado por um povo que não tem vocação para guerra. Enfim, um país maravilhoso para se viver.
Por outro lado, o Brasil também é o país das desigualdades sociais, da má distribuição das riquezas, da corrupção, dos impostos injustos, das leis absurdas, da impunidade. É o país da falta de segurança, da falta de saúde, da falta de educação. É o país que não valoriza o idoso, pois a cada ano achata ainda mais a sua aposentadoria, o que caracteriza uma das maiores injustiças do mundo.
Enfim, o Brasil é o país dos contrastes, com muita riqueza e, ao mesmo tempo, com muita pobreza. O salmista afirma que é “feliz a nação cujo Deus é o Senhor” (Salmo 33.12). Sabemos, pela revelação bíblica, que Deus é o Criador e Mantenedor de todo o universo, portanto, ele é o Senhor de todos os países. Mas o que o salmista está dizendo é que é feliz o país onde este Deus é conhecido, onde as pessoas confiam nele, onde as pessoas vivem de acordo com a vontade dele. Esta é uma nação feliz porque pode contar com as bênçãos dos céus e os atributos de Deus são também os atributos das pessoas que compõem a nação: amor, paz, justiça, prosperidade, etc. E o resultado disso se manifestará na qualidade de vida da nação.
Verifica-se aí o privilégio e a responsabilidade dos cristãos. Eles podem, e devem, pelo seu testemunho individual e coletivo, tornar conhecido este Deus que em seu Filho , Jesus Cristo, se mostra amoroso e misericordioso para todas das pessoas, de todas as nações e de todos os tempos. Deus que quer que todas as pessoas tenham vida em abundância aqui neste mundo e vida plena na eternidade. Assim, podem contribuir para que a sua nação seja muito mais feliz.
Neste tempo de protestos em nosso país, que são legítimos, reflitamos sobre o que estamos fazendo para que o Deus verdadeiro – Pai, Filho e Espírito Santo –  seja o Senhor do nosso Brasil. E sejamos agradecidos por todas as bênçãos que o bondoso Deus tem nos dado em nossa nação e através da nossa nação.
Pr. Geraldo Walmir Schüler
2º Vice-Presidente IELB